Quando falamos em cenários corporativos, o uso do Power BI oferece uma experiência que permite a globalização dos dados, sem um investimento pesado em infraestrutura para manter e disponibilizar os recursos. O Power BI entende também que, para atender estes cenários, as demandas por segurança da informação e gerenciamento são diferenciadas também. Por estes motivos, vejo nas atualizações mais recentes do produto, vários recursos que implementam e melhoram este uso focado no corporativo.

A segurança a nível de linha, ou, Row-level Security (RLS) é um destes recursos que demandava muito questionamento. Vamos entender o cenário:

Imagine que uma empresa nacional possui filiais espalhadas por vários estados, que sejam 16 filiais. Cada uma destas empresas trabalha com uma demanda de venda e a matriz concentra toda a estatística e informação sobre estas vendas em uma base central. Esta organização resolve utilizar o Power BI para oferecer uma analise na ponta, inclusive para seus vendedores acompanharem suas metas e estatísticas mensais de produtividade. Porem, existe um problema nesse cenário, os lideres demandaram que cada organização poderá ver apenas suas informações, e cada vendedor, apenas seus resultados, deixando assim, que somente a matriz conheça o resultado total da empresa.

Até seria possível resolver este cenário com o SQL Server Analysis Services (SSAS), hospedado on-premisses ou em maquinas do Azure, integrando a estrutura de autenticação baseada em nomes e autenticação. Mas nem todas as empresas estavam dispostas a adquirir ou implementar e manter uma estrutura de SSAS. Outra solução, porem com muito mais esforço, seria criar diferentes fontes para cada estado, o que seria inviável com certeza.

Com o Row-level Security nativo agora no Power BI Service, agora você pode implementar este tipo de restrição a partir de qualquer fonte de dados existente, vamos ver um passo a passo de como tudo isso funciona:

Abra o Power BI Service em powerbi.com. Supondo que você tenha uma fonte de dados carregada, no meu caso a AdventureWorks, clique na elipse ao lado da fonte de dados e selecione Security (por se tratar de uma versão preview, nem todas as contas estão conseguindo visualizar esta função no momento, caso não visualize imediatamente, aguarde a disponibilidade o mais breve).

rls_pb02

Na página de Row-level security, clique em Create New Role > Continue, uma role é utilizada para agrupar os usuários.

rls_pb03

Nomeie a nova Role.

rls_pb04

E, adicione os membros da nova Role, baseado no e-mail corporativo.

758c79e0-8a9c-4a17-bd29-c45a38bf04ae

Neste exemplo, vamos utilizar a dimensão de territórios nessa fonte de dados, nessa dimensão temos os pontos de localização baseado no estado, cidade, pais e outras informações pertinentes. No exemplo, estamos filtrando, utilizando DAX, apenas os territórios do pais “Canada”, supondo que esta Role, somente ira visualizar esta região. Veja como, poderíamos utilizar qualquer outra dimensão de dados para aplicar filtros diferenciados.

rls_pb06

Aplicando este filtro, teremos um mesmo Dashboard, que quando acessado por diferentes perfis, terá diferentes visualizações de dados, baseadas em filtros dinâmicos aplicados a Role.

rls_pb07

Com certeza, estamos apenas no começo, muitas novas funcionalidades estão por vir, segundo a demanda crescente de novas experiências. Por se tratar de uma atualização recente, é importante reportar qualquer problema nos fóruns da equipe do Power BI, ajudando a evoluir e estabilizar a ferramenta.

Saiba mais em powerbi.com.

 

 

Advertisements